Reino Unido e Índia querem evitar desperdício de alimentos

por guaranoticias

Atualizado às 13h09

Em uma tentativa de apoiar os agricultores indianos, os especialistas britânicos estão em uma missão de reduzir a perda de alimentos de forma sustentável. Os cientistas do Reino Unido estão trabalhando na maneira mais eficaz de ajudar os agricultores do país do sul da Ásia a aumentar sua renda, aproveitando ao máximo a gestão pós-colheita melhorada e os sistemas de distribuição refrigerados limpos e sustentáveis.

Especialistas britânicos estão desenvolvendo um plano para o ‘Center of Excellence’, uma colaboração do Reino Unido na Índia no estado indiano de Haryana, no norte do país, para apoiar a implantação do gerenciamento pós-colheita sustentável e o resfriamento em escala. O desenvolvimento mais recente ocorreu após uma parceria com o Alto Comissariado Britânico na Índia e a equipe do setor de Agrotecnologia do Departamento de Comércio Internacional.

A equipe é liderada por especialistas do recém-formado Centro de Resfriamento Sustentável da Universidade de Birmingham. Também inclui acadêmicos da Cranfield University, London South Bank University, Universidade de Greenwich e NIAB East Malling Research, além de especialistas do setor, incluindo Martin Lishman.

As informações coletadas na Índia pela equipe britânica no final do mês passado formam a base de um workshop da indústria em 2 de abril, organizado pela Universidade de Birmingham em seu campus no Reino Unido, para considerar oportunidades de envolvimento da indústria nessa oportunidade de mercado em rápido crescimento.

“A perda de alimentos é um grande desafio, com até 40% de alguns produtos perdidos entre a fazenda e o mercado. Focar em como os alimentos podem ser salvos na cadeia de suprimentos é tão importante quanto os alimentos produzidos”, comentou Toby Peters, professor de economia da Universidade de Birmingham.

 

 

 

Fonte: Agrolink – Portal do Agronegócio – acesso 18/03/2020 – https://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/reino-unido-e-india-querem-evirar-desperdicio-de-alimentos-193916

Comentários