Presidente do Coritiba admite que lista vazada complicou negociação com Renê Júnior

por guaranoticias

Atualizado às 10h17

O presidente Samir Namur comentou, em entrevista coletiva no CT da Graciosa, nesta segunda-feira (06), sobre a lista que foi vazada da clínica que faria o exame dos atletas para a pré-temporada de 2020 e admitiu que a negociação com o volante Renê Júnior, que era avançada, esfriou pelo interesse de outros clubes após a “confirmação precoce”.

O presidente coxa-branca esclareceu o acontecido e assegurou que o interesse é em contar com o jogador do Corinthians, e por isso o executivo Rodrigo Pastana segue tratando com o Timão. “Aquela lista era a que estava na clínica em que os atletas estavam fazendo os exames. Todos os atletas, com a exceção de um, já estavam com os exames programados. O Renê Júnior era o único que não tinha marcado ainda mas estava com o nome listado porque a negociação estava bem encaminhada. Com o vazamento, a negociação retrocedeu e o Pastana está trabalhando para que o acerto aconteça porque é um jogador que interessa. Agora temos concorrência”.

De acordo com o mandatário alviverde, o vazamento não foi feito por um funcionário do Coritiba. “Não foi um funcionário do clube, foi da própria clínica. Se fosse alguém do clube, a pessoa já teria sido demitida”, garantiu.

Renê Júnior tem 30 anos e pertence ao Corinthians há duas temporadas. O jogador chegou ao time paulista após uma ótima passagem pelo Bahia em 2017 e desde então sofreu com diversas lesões, inclusive passando por cirurgia de reconstrução de ligamento do joelho.

 

 

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Fonte: Banda B – acesso 07/01/20 – https://www.bandab.com.br/esporte/times/coritiba/presidente-do-coritiba-admite-que-lista-vazada-complicou-negociacao-com-rene-junior/

Comentários