Hospital Regional de Guarapuava é inaugurado

por guaranoticias

Atualizado às 16h14

Nesta segunda-feira (13), o deputado Artagão Júnior acompanhou o governador Ratinho Junior em Guarapuava, quando foi entregue a primeira fase das obras do Hospital Regional. O complexo médico vai funcionar inicialmente para atendimento exclusivo de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Serão colocadas à disposição da população neste momento 20 unidades de terapia intensiva (UTIs) adulto e 60 leitos de enfermaria, também adulto, para atendimento via Sistema Único de Saúde (SUS).

O investimento total por parte do Governo do Estado é de R$ 115,4 milhões. A expectativa é que a nova estrutura seja integrada à Central de Leitos do Estado a partir desta sexta-feira (17), começando a receber os primeiros pacientes.

“Agradecemos, em nome da população de Guarapuava e região, ao governador Ratinho Junior o atendimento da nossa demanda. Agradecemos também ao secretário de Saúde Beto Preto que soube ouvir a reivindicação e se demonstrou sensível e ágil em todo o processo para que o hospital pudesse ser aberto hoje”, disse o deputado Artagão Júnior.

A área de atendimento será completamente isolada para que as obras de implantação da segunda fase do Hospital Regional do Centro-Oeste, prevista para 2021, não sejam interrompidas. Quando concluídas, a capacidade total do centro médico será de 30 leitos de UTI adulto e 80 leitos de enfermaria clínica.

Após a pandemia, a estrutura de Guarapuava atuará como referência para Urgência e Emergência, com perfil direcionado à ortopedia e trauma, cirurgia geral e clínica médica, beneficiando 20 municípios da região. “É mais um passo na regionalização da saúde no Estado, levando atendimento de qualidade para perto dos municípios”, disse o governador.

GESTÃO – O Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba, é quem vai administrar a nova estrutura de Guarapuava pelos próximos seis meses. O investimento estimado para a manutenção dos leitos para Covid no período é de pouco mais de R$ 23,2 milhões. 139 profissionais foram contratados para atuar no centro médico.

RECURSOS – No complexo de 17 mil metros quadrados de área foram investidos R$ 61,7 milhões apenas na construção da edificação, com recursos do Fundo Estadual da Saúde. Outros R$ 30,49 milhões foram usados na compra de equipamentos. Por fim, mais de R$ 23,28 milhões foram aplicados na abertura dos leitos Covid, totalizando R$ 115,4 milhões.

INFECÇÃO – De acordo com o mais recente boletim, divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde no domingo (12), o Paraná tem confirmados 42.058 casos de coronavírus, com 1.028 mortes.

Em Guarapuava são 268 casos confirmados, 152 pacientes recuperados e três óbitos.

HOMENAGEM – O Hospital Regional de Guarapuava foi batizado com o nome do ex-deputado estadual Bernardo Ribas Carli, morto em um acidente aéreo em 2018 aos 32 anos.

Com informações e fotos da Agência Estadual de Notícias

 

 

Comentários