Com golaço de letra de Bissoli, Athletico estreia na Libertadores com vitória sobre o Peñarol

por guaranoticias

Atualizado às 10h16

O Athletico começou a sua sétima participação na Libertadores com vitória sofrida por 1 a 0 sobre do Peñarol, na noite desta quarta-feira (03), na Arena da Baixada. Em um jogo complicado, o único gol da partida foi marcado de letra pelo centroavante Guilherme Bissoli.

Na próxima rodada da fase de grupos da Libertadores, o Athletico encara o Colo-Colo, no dia 11 (quarta-feira), às 19h15, em Santiago. Antes, os reservas entram em campo já nesta quarta (04) para enfrentar o Rio Branco, às 20h, pelo Campeonato Paranaense.

O jogo

Depois da goleada sobre o Cascavel CR no último teste antes da estreia, o técnico Dorival Júnior colocou a mesma formação com Erick no meio-campo e Guilherme Bissoli como referência. Com bola rolando, o jogo começou truncado e a primeira chance foi apenas aos 18 minutos. Léo Cittadini chutou fraco da entrada da área e a bola ficou fácil com o goleiro Dawson.

Se pelo meio o Athletico não conseguia passar pela defesa, a solução foi apostar nas jogadas com os laterais. Aos 22 minutos, Adriano apareceu como elemento surpresa nas costas dos zagueiros, chutou cruzado e quase marcou. Já aos 28, o lateral-direito cobrou escanteio na segunda trave, Thiago Heleno subiu mais que toda a defesa e acertou o travessão.

Nos acréscimos, o Furacão reclamou muito de um pênalti não marcado. Nikão não conseguiu o domínio da bola dentro da área e o lateral-direito González tirou com o braço. Após o lance, os jogadores do Athletico e a torcida ficaram revoltados com a arbitragem.

O Rubro-Negro voltou mais ligado para o segundo tempo e teve duas chances nos primeiros minutos. Logo aos dois, Nikão cobrou escanteio na primeira trave, Robson Bambu desviou de primeira e Abascal tirou quase em cima da linha. Aos cinco, Carlos Eduardo levou a bola da esquerda para o meio e finalizou muito perto da trave.

A pressão do Furacão continuou em busca do gol da vitória, mas Dawson seguia em uma noite inspirada. Aos 13 minutos, Erick recebeu na pequena área e chutou no canto para uma grande defesa do goleiro. E aos 17, o goleiro fez uma defesa de puro reflexo na cabeçada de Guilherme Bissoli.

Se Dawson levou a melhor na primeira tentativa, Guilherme Bissoli passou pelo goleiro na segunda oportunidade. Nikão pedalou para cima de Rojas e cruzou para o meio da área. O camisa 9 se antecipou ao zagueiro e desviou de letra para garantir a vitória athleticana.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 1X0 PEÑAROL

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data: Terça-feira, 03 de março de 2020.
Horário: 21h30.
Árbitro: Eber Aquino (PAR).
Assistentes: Dario Gaona (PAR) e Roberto Cañete (PAR).
Público: 20.621 presentes.

Athletico: Jandrei; Adriano (Jonathan), Robson Bambu, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington, Erick (Fernando Canesin) e Léo Cittadini; Nikão, Guilherme Bissoli e Carlos Eduardo (Marquinhos Gabriel).
Técnico: Dorival Júnior.

Peñarol: Kewin Dawson; Giovanni Gonzalez, Gary Kagelmacher, Rodrigo Abascal e Gabriel Rojas; Jesús Trindade, Krisztián Vadócz, Matías De los Santos (Christian Bravo) e Joaquin Piquerez (Luis Acevedo); David Terans (Facundo Pellistri) e Xisco Jiménez.
Técnico: Diego Forlán.

Gol: Guilherme Bissoli (CAP), aos 31′ do segundo tempo.
Cartões amarelos:
 Rojas, Terans e Trindade (PEN); Robson Bambu, Léo Cittadini, Carlos Eduardo e Márcio Azevedo (CAP).
Fonte: Banda B – acesso 04/03/2020 – https://www.bandab.com.br/esporte/times/athletico/com-golaco-de-letra-athletico-estreia-na-libertadores-contra-o-penarol/

Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comentários