16º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR: Ocorrências de Terça para Quarta-feira

por guaranoticias

Atualizado às 09h22

 

OCORRÊNCIAS COM ENCAMINHAMENTO:

01 – FURTO EM GUARAPUAVA.

Por volta das 10h32min do dia 30 de junho de 2020, na Rua dos Eucalíptos, 427 Conradinho, a equipe se deslocou ao mercado, onde segundo os solicitantes, senhores, 42 anos e 37 anos, foram informados por clientes que uma senhora loira estava praticando furto de mercadorias no interior do mercado, colocando em uma bolsa marron. que na sequência visualizaram pelas câmeras de monitoramento que uma senhora loira, estava entre as gôndolas, no interior do mercado, colocando mercadorias dentro de uma bolsa marrom. que de imediato foram até a senhora, 57 anos, e realizaram a abordagem quando a mesma estava na fila para passar no caixa. Que ao verificar a bolsa da senhora, localizaram os objetos (alimentos). Proferida a voz de prisão à senhora e entregue à 14ª sdp para os procedimentos.

02 – LESÃO CORPORAL/VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM GUARAPUAVA.

Por volta das 14h10min do dia 30 de junho de 2020, uma equipe deslocou até a Rua João Pitner, Vila Bela, no local a solicitante relatou que seu filho chegou na residência embriagado e começou a proferir ameaças contra ela, relatou ainda a senhora, 64 anos, que isso ocorre sempre, e na data de hoje, o indivíduo, 44 anos, apanhou um tijolo e lhe ameaçou. Com a chegada da equipe, conversado com ambos, e a senhora teve interesse na representação, sendo assim, foram encaminhado ambos ate a 14ª SDP para seguir com os procedimentos cabíveis.

03 –ADQUIRIR, VENDER, FORNECER E OU PRODUZIR DROGAS, CUMPRIMENTO DE MANDADO JUDICIAL, DESOBEDIÊNCIA E RESISTÊNCIA EM GUARAPUAVA.

Por volta das 21h15min do dia 30 de junho de 2020, a equipe Rotam estava em patrulhamento pelo centro da Cidade, quando na Rua XV de Novembro observou dois indivíduos caminhando pela calçada. Ao perceber a presença da equipe policial um dos homens demonstrou nervosismo com nossa presença e logo levou as mãos ao bolso na tentativa de pegar algum objeto. Dada voz de abordagem aos indivíduos e aquele que teria levado a mão ao bolso um indivíduo, 20 anos, com o qual foram encontrados oito tabletes pequenos de maconha. O outro indivíduo, porém quando questionado o nome de sua genitora, data de nascimento, bem como outros dados pessoais, começou a se confundir com as informações, o que gerou suspeição da equipe quanto a possibilidade de que este estivesse mentindo seu nome. Com ele foi encontrada a quantia de trinta reais no bolso direito da camisa e a quantia de mil e duzentos reais no bolso esquerdo da mesma camisa. Os dois alegaram que o indivíduo, 22 anos teria acabado de comprar a droga de um terceiro e iria repassar um dos tabletes ao outro indivíduo para que ambos pudessem consumir a droga no parque do lago. Para que pudéssemos confirmar a identidade de do abordado, o questionamos sobre seus documentos. O indivíduo disse que poderíamos deslocar até sua casa, local em que teria mulher e filhos a sua espera, para podermos pegar o documento de identificação e confirmar a veracidade de sua fala. Deslocamos ao endereço que ele disse na Avenida Manoel Ribas, porém naquele local reside outra pessoa que afirmou não conhecer os dois abordados. Questionado mais uma vez sobre seu endereço verdadeiro ele disse morar no Bairro Residencial 2000, na última Rua, junto com uma suposta irmã. Deslocado até o local por ele indicado, quando abrimos a porta do camburão para que ele

mostrasse a residência certa, veio a chutar a porta e saiu correndo em direção ao matagal, tendo sido acompanhado e logo alcançado. Resistindo ativamente a prisão com socos, tendo sido necessário o emprego de força física moderada e apoio dos demais integrantes da equipe para que pudemos contê-lo e algemá-lo. Retornando para a viatura o indivíduo assumiu que seria foragido da justiça na Cidade de Curitiba e relatado seu nome verdadeiro, indivíduo, 25 anos. Após consulta foi confirmado que contra o abordado pesa o mandado de prisão, expedido pelo juízo da primeira vara de execuções penais de Curitiba, por envolvimento num crime de Roubo no ano de 2018. Acabou por confessar também que seu endereço verdadeiro, e que teria mentido em razão de que lá poderiam ser encontradas drogas. Pudemos ouvir de dentro da viatura uma conversa entre os dois presos combinando versões a respeito do ocorrido, o que cada um iria dizer no sentido de tentar se esquivar de suas responsabilidades criminais e prejudicar os policiais de nossa equipe. Deslocado até o endereço mencionado, no local fizemos contato com a pessoa sobrinho do foragido. Também estava la a mais duas pessoas, irmão e mãe do detido. Perguntado sobre o indivíduo, todos disseram que ele estaria residindo naquele endereço e indicaram o cômodo da casa em que seus objetos poderiam ser encontrados. Durante revista, foram encontrados nove envólucros contendo cada qual aproximadamente 28 pedras de crack cada, que totalizaram 251 pedras da mesma substância, além da quantia de oitenta e quatro reais e vinte centavos. No intuito de cientificar a genitora de do outro abordado quanto a sua prisão, deslocamos ao seu endereço tendo informado a (mãe) sobre o ocorrido e a orientado quanto aos procedimentos cabíveis. Antes de deslocarmos para a delegacia foi oportunizado aos presos a possibilidade de passarem por atendimento médico, entretanto os dois negaram. Após deslocamos com os indivíduos presos até a 14ª SDP para confecção do respetivo boletim de ocorrência e demais procedimentos cabíveis. Já na delegacia a pessoa de 25 anos passou a debochar dos policiais militares, com muita arrogância e sarcasmo dizendo que falou o nome de um amigo e que quase nos conseguiu enganar. Relatou que contrataria um advogado para “foder” com os integrantes da equipe e passou a nos ameaçar com as seguintes frases: “eu vou processar todos vocês”, “vou dizer que a droga não era minha”, relatando para o outro individuo que “vou foder com esses polícia do caralho”. Ao término da confecção do boletim de ocorrência, Leandro alegou que queria receber atendimento médico e foi conduzido até a Upa batel para que pudesse ser assistido.

OCORRÊNCIAS SEM ENCAMINHAMENTO:

04 – APOIO A OUTRA OBM EM GUARAPUAVA.

Por volta das 05h40min do dia 30 de junho de 2020,na Rua Siqueira Campos, Jardim das Américas, no local o solicitante senhor, 55 anos informou que deixou seu veículo estacionado em frente a residência, quando por volta das 04h00min da manhã acordou com barulho de seu carro queimando, acionou o corpo de bombeiros, mas o veículo gol, ficou totalmente destruído. Orientado o solicitante quanto aos procedimentos.

05 – FURTO QUALIFICADO DANO EM GUARAPUAVA.

Por volta das 08h39min do dia 30 de junho de 2020, na Rua Tucuruí Vila Carli, o solicitante relatou que na data de hoje ao chegar em seu local de trabalho constatou que o telhado e o forro do escritório foram danificados e que uma pessoa furtou vários objetos (uma impressora HP, um estabilizador, cartão Repron, um cartão mastercard, não há suspeitos da autoria do fato. Feito orientações.

06 – DANO EM GUARAPUAVA.

Por volta das 09h10min do dia 30 de junho de 2020, na Rua XV de Novembro, Centro, no local a solicitante relatou que deixou seu veículo Nissan March estacionado no citado endereço e ao retornar para buscá-lo constatou que uma telha caiu de um prédio em cima de seu veículo quebrando o vidro traseiro feito orientações.

07 – AMEAÇA EM GUARAPUAVA.

Por volta das 19h00min do dia 30 de junho de 2020, uma equipe deslocou até a Rua Nove de Dezembro, Santana, no local a solicitante relatou que a mais de uma semana esta separada de seu amasio, 30 anos, onde este, fica perseguindo ela seus filhos de 06 anos e 03 anos, relatou ainda que ele fica ligando e mandando mensagem, dizendo que vai matá-la. Feito patrulhamento e não foi encontrado o indivíduo, a vítima foi orientada a procurar a delegacia da mulher em data posterior.

OCORRÊNCIAS DE TRÂNSITO:

Nada a relatar.

OCORRÊNCIAS DE OUTRAS LOCALIDADES:

08 – FURTO QUALIFICADO EM BOA VENTURA DE SÃO ROQUE.

No dia 30 de junho, às Por volta das 08h10min do dia 30 de junho de 2020, na Rua 18 de Setembro, Centro. Após solicitação da diretora da Escola Municipal , a qual informou que ao chegar na escola, encontrou a mesma com 05 vidros da janela de algumas salas quebrados e do interior revirado as coisas da sala, que a princípio não foi furtado nada. A equipe deslocou no local onde foi constatado os fatos, sendo orientada a mesma.

09 – DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL EM PALMITAL.

Por volta das 08h45min do dia 30 de junho de 2020, na Av Maximiliano Vicentin, Centro, equipe visualizou um jovem na Av. Maximiliano Vicentin, em atitude suspeita, sendo abordado o mesmo e identificado, 15 anos e em revista pessoal foi localizado uma bucha de substância análogo a maconha, pesando 2,22 gramas. E ainda um telefone celular na cor preta, da marca Samsung j6. O jovem foi conduzido até a Delegacia de Palmital e entregue juntamente com os objetos para os procedimentos cabíveis, sendo relatado pelo abordado que a droga era para consumo e que havia comprado de uma pessoa , da Vila São Paulo, em frente a sua residência. Toda situação foi acompanhada pelos conselheiros tutelares.

10 – FURTO QUALIFICADO EM PINHÃO.

Por volta das 11h00min do dia 30 de junho de 2020, a equipe policial foi informada que em um circuito de câmeras apareciam três indivíduos autores do furto durante a madrugada. Em verificação a estas imagens foi possível identificar um masculino e a feminina, os quais são conhecidos no meio policial pela prática de furtos na cidade. Em ato contínuo e de posse destas informações foi deslocado até a residência dos suspeitos na localidade de Faxinal dos Carvalhos. No local, em conversa com a proprietária da residência, alegando que seu filho, 35 anos, e sua nora, 27 anos haviam chegado de madrugada, estes confessaram a prática do furto, bem como foi informado pela pessoa de 19 anos, que os objetos furtados estariam escondidos na parte de trás da residência. Efetuado buscas, logrando êxito em encontrar os objetos dentro do quarto e uma caixa de som com mais vários objetos escondidos na parte de trás da residência. Em uma mochila preta marca adidas foi encontrado vários objetos bem como uma chave de fendas na cor amarela, objeto este usado para arrombar a porta do estabelecimento. Durante as buscas foram encontrados algumas blusas e uma rasteirinha, estas possivelmente oriundas de um furto ocorrido na loja, questionado os envolvidos quanto a procedência das blusas e do calçado, a pessoa de 19 anos, assumiu também a autoria de tal furto informando que a pessoa de 35 anos havia estourado a fechadura da loja e mandado ele entrar pegar o que conseguisse. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos três indivíduos. Os indivíduos bem como os objetos recuperados foram encaminhados para a delegacia de policia civil de Pinhão para os procedimentos cabíveis.

11 – LESÃO CORPORAL EM GOIOXIM.

Por volta das 17h00min do dia 30 de junho de 2020, a equipe policial foi informada pela vigilância sanitária de Goioxim de que teria chegado no posto de saúde, um indivíduo ferido no abdômen por disparo de arma de fogo. No local tratava-se da pessoa do sexo masculino,

28 anos, o qual relatou aos plantonistas que estava manuseando uma espingarda de pressão e veio a disparar acidentalmente atingindo a região do abdômen, ainda informou que o projétil teria transfixado a região pélvica, sendo de imediato encaminhado para atendimento no Hospital em Guarapuava. Diante os fatos a equipe policial se deslocou em direção do local da ocorrência no intuito de localizar a referida arma, porém a estrada principal encontrava-se interditada devido as obras que estão sendo realizadas naquele local e forte temporal que ocorreu no período da tarde.

12 – LESÃO CORPORAL/VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM TURVO.

Por volta das 18h35min do dia 30 de junho de 2020, a equipe policial recebeu várias ligações que davam conta que uma mulher estaria sendo agredida em sua residência. Deslocado até a Travessa Afonso de Andrade, Bairro Jardim Alegre, onde no local, foi visualizado um homem, 27 anos, o qual apresentava sintomas de embriagues alcoólica e estava bastante sujo de sangue. Em conversa com a senhora, 34 anos, a qual informou que iniciaram uma discussão, sendo que ele veio a agredi-la com um soco no ombro, além de agredir seu filho de 14 anos com um soco na barriga e agredir seu filho de 07 anos segurando o mesmo pelo pescoço e danificar vários objetos dentro da residência, sendo um deles o espelho, o qual gerou um corte no pé da vítima e um corte na mão esquerda do autor, os quais se negaram a receber atendimento médico. Diante dos fatos, foi orientando o autor quanto aos seus direitos e conduzido até a 14ª SDP de Guarapuava para as medidas cabíveis.

SETOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – DGB

Comentários