16º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR: Ocorrências de Sábado para Domingo

por guaranoticias

Atualizado às 08h25

OCORRÊNCIA COM ENCAMINHAMENTO:

01 – APOIO A OUTROS ÓRGÃOS.

Por volta das 4h do dia 16 de maio de 2020, na Av. Guarapuava, bairro Industrial, a equipe foi acionada para averiguar uma situação em que duas adolescentes haviam sido abordadas pelos seguranças do shopping cidade dos lagos, em um ponto de ônibus e que possivelmente seriam estas as adolescentes desaparecidas. No local foi constatado o fato e acionado o Conselho Tutelar, que conduziu as adolescentes até suas residências e entregues aos seus responsáveis.

02 – CONDUZIR VEÍCULO AUTOMOTOR COM CAPACIDADE PSICOMOTORA ALTERADA EM RAZÃO DA INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL OU DE OUTRA SUBSTÂNCIA PSICOATIVA QUE DETERMINE DEPENDÊNCIA.

Por volta das 02h do dia 16 de maio de 2020, na Rua Mamborê, Boqueirão, no local foi constatado que o veículo Chevette cor cinza, chocou-se contra a cerca e um poste onde ficam os padrões de energia elétrica da casa do solicitante e também de um vizinho, que causou danos na cerca e ao atingir o poste rompeu os fios que alimentam a energia da casa do vizinho. O condutor demonstrava estado de embriaguez, apresentando forte odor etílico, andar cambaleante e dificuldade na fala, realizado o teste etilométrico, obtendo resultado de 0,66 mg/l, bem como p condutor não possui CNH. Realizadas as notificações pertinentes e o veículo liberado a pessoa habilitada indicada pelo condutor, que foi conduzido até a 14ªSDP, para medidas cabíveis.

03 – CUMPRIMENTO DE MANDADO JUDICIAL.

Por volta das 11h15min do dia 16 de maio de 2020, foi repassada informação de que uma mulher de 19 anos, que estaria com mandado de prisão em aberto, estaria na Rua dos Cardeais, bairro São Cristóvão. Deslocado até o local e localizada a mulher, dada voz de prisão e encaminhada até a 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

04 – LESÃO CORPORAL / VIOLÊNCIA DOMÉSTICA.

No dia 16 de maio de 2020, às 15h30min, uma equipe da Rádio Patrulha, deslocou até a Rua Jesuíno Marcondes, Santa Cruz, onde a solicitante de 31 anos, relatou que foi agredida pelo seu esposo de 48 anos, que também danificou seu veículo Saveiro. O esposo da vítima não se encontrava mais no local, realizadas diligências e encontrado o homem em uma estrada rural às margens da BR 277. Procedida a abordagem e nada de ilícito foi encontrado, bem como, não foi localizado a arma, que a vítima havia informado que ele portava. Diante do interesse em representação da vítima, o homem foi encaminhado até a 14ª SDP. O veículo Corola, foi conduzido por policial militar, pois o homem não soube indicar nenhum condutor habilitado no momento da abordagem.

05 – AMEAÇA.

No dia 16 de maio de 2020, às 23h15min, uma equipe da Rádio Patrulha com apoio da equipe do Oficial CPU, deslocaram até a Rua Abgail Danguy Borges, Conradinho, onde conforme solicitação via 190, um homem de 24 anos, estaria agredindo seu pai, ambos estariam em vias de fato. No local o pai de 54 anos, informou que seu filho estaria ingerindo bebidas alcoólicas, e acabaram discutindo, o pai pediu ao filho que se retirasse da residência, momento em que entraram em vias de fato e o filho o ameaçou de morte. Momento em que sua esposa de 48 anos, mãe do indivíduo, se alterou e ameaçou o marido de morte. A qual adentrou a residência de porte de uma faca e foi em direção do marido, na tentativa de lesiona-lo, a equipe policial interviu, porém a mesma continuou com a faca na mão indo em direção ao marido, não acatando a ordem das equipes policiais em soltar a faca, depois ela se voltou para os policiais e frente a iminente ameaça de lesão, foram disparos de espingarda calibre 12 com munição de impacto controlado, observando a distância mínima de segurança de 5 metros, momento em que mulher largou a faca. Deslocado até a UPA/Batel, com a mulher, devido a uma lesão leve no dedo da mão esquerda causada quando foi tentar separar a briga entre o marido e o filho, a mesma foi atendida pelo médico de plantão e liberada. Posteriormente, todos os envolvidos foram conduzidos até a 14ª SDP para seguir com os procedimentos legais. Na delegacia o marido decidiu não representar contra as ações de sua esposa, confeccionado apenas o termo em razão da desobediência e resistência da mulher quanto a ação policial. Após ao fato foi confeccionado o termo circunstanciado conforme orientação do Delegado. Apreendida a arma branca (faca).

06 – PERTURBACÃO DO SOSSEGO.

No dia 17 de maio de 2020, às 01h40min, uma equipe da Rádio Patrulha deslocou até a Rua Visconde de Guarapuava, Bairro dos Estados, onde o solicitante de 39 anos, relatou a equipe que na residência ao lado, estava ocorrendo uma festa, que é algo frequente, ocorre praticamente todo final de semana, que estas pessoas estavam perturbando o sossego com som alto, algazarras e grande movimentação de veículos. Diante do interesse em representação entrado em contato com um homem de 29 anos, o qual é responsável pela residência, onde de pronto aceitou acompanhar a equipe, deslocado até o 16º BPM, para lavratura do TC.

07 – PERTURBACÃO DO SOSSEGO.

No dia 16 de maio de 2020, às 18h15min, a equipe do Oficial CPU e equipes da Rádio Patrulha, deslocaram até a Rua Benjamin Constant, Centro, onde foi constatado um evento festivo com cerca de 50 pessoas, todos sem máscaras individuais de proteção e com diversos equipamentos de som com o volume extremamente alto. Diante dos fatos, foi realizada orientação, onde a equipe solicitou que o evento fosse encerrado e que os equipamentos de som fossem desligados para evitar a perturbação dos vizinhos. Ressalta-se que os indivíduos que se apresentaram para equipe foram dois masculinos, um de 29 anos e outro de 26 anos, ambos extremamente alterados e nervosos, com sinais de embriaguez, e em tom extremamente arrogante afirmaram que possuíam autorização de membros do executivo para realizar a festa. Diante da negativa de acatar as orientações, a equipe policial informou que seria necessária a condução dos indivíduos por conta da aglomeração de pessoas e por conta da perturbação de sossego. Com isso os indivíduos passaram a desrespeitar os policiais militares dizendo que eram advogados e quem estariam incomodando seriam os policiais, e passaram a ameaçar os policiais militares. Sendo assim, a equipe policial militar solicitou apoio de demais equipes policiais no local. Com isso, na tentativa de orientar os indivíduos verbalizando, o Oficial CPU foi empurrado pelo indivíduo de 26 anos, o qual recebeu voz de prisão, e os indivíduos passaram a investir contra a equipe com

socos e chutes, momento em que diversos indivíduos que estavam no local passaram a desacatar as equipes e investir contra os policiais militares. Ressalta-se que no local havia uma senhora que dizia estar grávida, que desacatou os policiais com palavras de baixo calão. Durante a prisão dos indivíduos, de 29 e 26 anos, os mesmos extremamente alterados, sendo necessário a utilização de força física moderada para conter os indivíduos. Após a contenção, foi realizada a tentativa de apreender os materiais, porém, as pessoas que se encontravam no local passaram a tentar empurrar os policiais e a fechar o portão em cima dos militares. Após contidos, foi realizada a apreensão dos materiais e alguns dos indivíduos que investiram e desacataram as equipes policiais foram conduzidos. Os abordados presos, passaram a chutar o camburão e a desacatar os policiais com palavras de baixo calão e novamente dizendo que seria advogado e que era rico e que os policiais estariam com problemas. Na delegacia os indivíduos conduzidos foram acomodados e se acalmaram, com exceção dos irmãos de 29 e 26 anos, que continuaram a desacatar os policiais militares e policiais civis com diversas palavras de baixo calão, desrespeitando inclusive o Delegado de Polícia. Ressalta-se que durante a lavratura do boletim se apresentou um advogado, a fim de defender os indivíduos presos, contudo, após entrevistas com os indivíduos, optou por se apresentar como defensor de apenas um indivíduo encaminhado, de 27 anos. Ressalta-se que os irmãos foram extremamente agressivos com o advogado presente. Os indivíduos que conduzidos pelas seguintes situações: – um indivíduo conduzido por se apresentar como um dos responsáveis pela festa, pela situação de perturbação de sossego e por infringir decreto municipal;

– O indivíduo de 27 anos, por perturbação de sossego, desacato, desobediência, resistência, o qual durante a condução passou a citar nomes autoridades do poder executivo municipal afim de ameaçar a carreira dos policiais militares de serviço;

– O indivíduo de 29 anos, pela situação de perturbação de sossego, desacato, desobediência, ameaça contra policiais militares, resistência;

– O indivíduo de 26 anos, pela situação de perturbação de sossego, desacato, desobediência, ameaça contra policiais militares, resistência;

– Uma mulher de 25 anos pela situação de perturbação do sossego e desobediência ao decreto municipal;

– Um indivíduo por perturbação de sossego e desobediência ao decreto municipal.

Ressalta-se que alguns celulares foram apreendidos, uma vez que foram utilizados para filmar o ocorrido. Cabe ressaltar que, com a chegada do Delegado de plantão, o mesmo informou que existe um entendimento de que não se acumula pena por isso não faria o flagrante e que seria confeccionado apenas um termo circunstanciado.

08 – LESÃO CORPORAL/VIOLENCIA DOMÉSTICA.

No dia 17 de maio de 2020, ás 02h37min, uma equipe da Rádio Patrulha, deslocou até a Rua dos Topógrafos, Morro Alto, onde a solicitante de 62 anos, relatou que estava em um bar jantando com amigos, momento em que chegou seu convivente de 55 anos, e começaram a discutir. Ao chegar na residência, entraram em vias de fato e o homem desferiu um soco em seu rosto, causando uma lesão leve na face. Conversado com o marido, relatou que discutiu com sua convivente e ela foi para cima dele tentando lhe agredir, dando um tapa em sua face, momento em que ele revidou dando o soco. A solicitante possui uma medida protetiva em desfavor do marido, porém não estava cumprindo. Mediante o interesse da representação por parte da solicitante e por ela estar lesionada, ambas as partes foram conduzidas até a 14ª SDP.

OCORRÊNCIAS SEM ENCAMINHAMENTO:

01- DESAPARECIMENTO DE PESSOA.

No dia 16 de maio de 2020, às 18h51min, uma equipe da Rádio Patrulha, deslocou até a Rua Guilherme Haenisch, Vila Bela, onde a solicitante de 35 anos, relatou que sua filha Andryele Vitória Oliveira da Silva de 13 anos e sua sobrinha Debora Rafaeli do Nascimento com 16 anos, fugiram de casa. Que por volta das 02h30min mandou elas dormirem pois estava tarde, que seu marido acordou por volta das 07h00min, e deu por falta das adolescentes que deixaram um bilhete se despedindo. A adolescente de 16 anos estava trajando roupa predominantemente preta e a de 13 anos listrada. A solicitante foi orientada.

OCORRÊNCIAS EM OUTROS MUNICÍPIOS OU LOCALIDADES:

01 – VEÍCULO RECUPERADO EM DISTRITO GUARÁ.

Por volta das 07h30min do dia 16 de maio de 2020, a equipe deslocou até a BR 346, proximidades do Distrito Guará, onde o solicitante relatou que havia um automóvel VW/Gol sem rodas na estrada da fazenda que ele trabalha aproximadamente 100 metros da rodovia PR 364. No local, constatou-se ser o automóvel VW/Gol de placas AGA-8075, o qual possuí alerta de furto. O solicitante ainda relatou que, em data de 15 de maio de 2020, aproximadamente as 17h30min, quando estava passando próximo do local, saiu da estrada um automóvel Fiat/Uno preto em alta velocidade, e logo em seguida ele visualizou o veículo furtado já sem as rodas, de imediato tentou entrar em contato com a equipe do DPM de Guará, mas não conseguiu, acionando a equipe na manhã seguinte. Diante dos fatos, foi acionado o guincho do 16ºBPM e entregue o automóvel na 14º SDP, para as medidas cabíveis.

02 – FURTO SIMPLES EM LARANJEIRAS DO SUL.

No dia 16 de maio de 2020, às 14h30min, a equipe policial foi acionada via COPOM para dar atendimento a uma situação de furto de uma caminhonete MMC/L200 outdoor de cor prata, placas APZ-3B10 com um tambor de 200 litros na carroceria. Segundo informações da esposa do proprietário, o veículo estava na comunidade no km 127, com um de seus funcionários e algum tempo depois foi avistada na região central da cidade transitando em alta velocidade. Em contato com o funcionário e verificado que teria sido furtada. Durante patrulhamento foi informado que uma caminhonete com as mesmas características teria adentrado em alta velocidade a uma estrada rural. Em patrulhamento pela referida estrada foi avistado alguns cartões de banco jogados a margem da via, verificado que se tratava de cartões de diversos bancos em nome do proprietário da caminhonete. As equipes realizaram patrulhamento nas imediações e nas comunidades ao redor na tentativa de encontrar o referido veículo, porém sem êxito. As partes foram orientadas quanto aos procedimentos.

03 – LESÃO CORPORAL / VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM PINHÃO.

No dia 16 de maio de 2020, às 18h00min, a equipe policial recebeu informações via 190, que na rua Cornélio Pires Ribeiro, bairro Araucária, estaria ocorrendo uma desinteligência familiar, e que uma das partes estava ferida por arma branca. Deslocado até o local e observado pela equipe policial uma pessoa transitando em via pública, com manchas de sangue em suas vestes. Realizada a abordagem e identificado o homem de 22 anos, em ato continuo, a equipe foi abordada por uma senhora de 42 anos, convivente de homem ferido, a qual disse que no último dia 15, o homem estava ameaçando de morte a mesma e o filho dela e ainda tentou asfixiar a

vítima, porém ela conseguiu amenizar a situação naquela data. Na presente data (16/05/2020) por volta das 16h, a vítima deslocou até a residência de sua irmã, enquanto seu cunhado de 37 anos, foi dialogar com o convivente da vítima, a fim de convencê-lo que a era melhor que o casal se afastasse, porém, o homem mostrava-se inflexível. Em dado momento, ambos foram até a residência, momento em que o convivente tentou levar a vítima a força do local e foi impedido. Após uma breve discussão, o convivente foi até o veículo da vítima e localizou um facão partindo em direção do cunhado e este acabou sendo golpeado no antebraço esquerdo, causando lesão. O autor continuou seguindo para o interior da residência no intuito de atingir a vítima, porém, um jovem de 17 anos (filho da vítima) interveio, atingindo o autor provavelmente com uma faca, também causando lesões. Diante dos fatos foi acionado a defesa civil a fim de prestar os primeiros atendimentos médicos aos feridos, os quais foram conduzidos até o Hospital Santa Cruz para demais procedimentos. A vítima e o cunhado compareceram no destacamento PM para expressar interesse na representação contra o autor, sendo assim confeccionado o boletim de ocorrência, feita a apreensão do facão utilizado pelo autor, e as partes encaminhadas para a delegacia de Pinhão. O jovem de 17 anos não foi localizado pois este havia tomado rumo ignorado antes mesmo da chegada da equipe policial no local da ocorrência.

SETOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – ALM

Comentários