Sem renda, consumidor prioriza pagar água, luz e comida, diz estudo

por guaranoticias

Atualizado às 10h17

Um estudo que entrevistou 15 mil pessoas economicamente ativas no País verificou que grande parte ainda acredita que atrasarão alguma conta. Entre os dias 5 e 12 de maio, a área de Experiência do Cliente da DMCard aplicou 15.010 entrevistas online para uma pesquisa sobre o comportamento do consumidor com suas finanças durante a pandemia.

O estudo apontou que 69% das pessoas tiveram algum tipo de perda financeira desde o início da quarentena e 62% acreditam que ainda vão enfrentar algum problema que as obrigará a atrasar o pagamento de suas contas.

Os entrevistados foram questionados sobre quais as dívidas que dariam prioridade em caso de não terem dinheiro suficiente para pagamento em dia de todas elas, sendo que, nesta questão, puderam citar mais de uma resposta. As contas de consumo como água, luz, telefone e internet ficaram em primeiro lugar, com 31% de percentual de lembrança.

Em segundo lugar na prioridade do consumidor está o cartão de crédito do supermercado (29%) e, só então, o cartão de crédito tradicional (20%). Essa ordem de prioridade aponta para um consumidor que está preocupado em manter seu poder de compra, principalmente do que é essencial, em manter a comida na mesa.

O cartão tradicional também pode ser utilizado no supermercado, contudo, além de não ser acessível a todos, este ainda é compreendido com um formato que pode ser utilizado para gastos supérfluos, por impulso, como explica Sandra Castello, Diretora de Marketing e Pessoas da DMCard.

Na sequência das dívidas que não seriam tão priorizadas, foram citadas os financiamentos (11%) e a assistência médica (9%).

Fonte: Bem Paraná – acesso 02/06/2020 – https://www.bemparana.com.br/noticia/pesquisa-mostra-que-consumidor-prioriza-pagar-agua-luz-e-comida#.XtZROlRKi1s

Foto: Divulgação/SMCS

Comentários