Rodolpho Sherner Neto vai a júri popular pela morte de senhora de 70 anos

por guaranoticias

Atualizado às 08h43

Rodolpho Scherner Neto, vai a júri popular após a Justiça de Guarapuava acatar acusação do Ministério Público. Ele se tornou reú por homicídio com dolo eventual (quando se assume o risco realizar), o qual foi o caso de dona Filomena Schepansky, de 70 anos.

A idosa foi atropelada e morta na manhã do dia 12 de janeiro. O acidente aconteceu na Avenida Moacyr Silvestri, enquanto dona Filomena estava indo à missa por volta das 07 horas da manhã.

O acusado vai responder também por outros três crimes, omissão de socorro, fuga do local do acidente e tentativa de homicídio por ter acertado de raspão a irmã da vítima.

Rodolpho segue preso desde o dia 13 de janeiro quando foi preso. Ele se apresentou à polícia no dia 12, antes de ter sua prisão decretada. O Ministério Público pede a manutenção da prisão, até seu julgamento, que ainda não teve a data marcada.

 

 

 

 

 

Fonte: Gmais Noticias – acesso 31/01/20 – https://gmaisnoticias.com/rodolpho-sherner-neto-vai-a-juri-popular-pela-morte-de-senhora-de-70-anos-em-guarapuava

Comentários