Operação Flagellum: PRF apreende maconha e revólver na região de Guaíra (PR)

por guaranoticias

Atualizado às 10h17

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou no dia 30 de maio, a Operação Flagellum, nos estados do Paraná e Mato Grosso do Sul, reforçando as ações de enfrentamento nas rodovias federais atuando de forma estratégica no combate ao crime organizado. Ocupando posições geográficas estratégicas na América do Sul, fazem fronteira com Paraguai e Bolívia, países reconhecidamente responsáveis pela fabricação e fornecimento de drogas para Brasil e outros países do mundo.

No domingo (30), agentes da PRF, em patrulhamento aéreo pelo município de Pato Bragado (PR), encontraram, abandonados em uma plantação de milho, alguns fardos de maconha, que após pesados, totalizaram 38,7 quilos da droga. Essa apreensão é uma parte remanescente da ocorrida na noite do dia anterior, onde foram apreendidos 2,7 toneladas da droga. Após a apreensão, ela foi levada para a Polícia Federal em Guaíra.

Na noite de terça (2), por volta das 21h30, policiais rodoviários federais abordaram um motorista de um Fiat Palio na BR-163, em Guaíra. Em buscas no carro, os agentes localizaram, no porta-malas, 81 pacotes de “skunk”, uma variação da maconha, mais potente, que após pesadas, totalizaram 18,86 quilos . O motorista, de 28 anos, desempregado e morador de Apucarana (PR), disse ter retirado a droga em Guaíra e levaria até Apucarana. Diante dos fatos, ele foi preso e encaminhado, com a droga, para a Polícia Civil em Guaíra para o registro do crime de tráfico de drogas.

No início da manhã desta quarta (3), por volta das 7 horas, agentes da PRF abordaram um táxi na BR-487 em Alto Paraíso (PR). Nele, dois passageiros (de 21 e 25 anos), sem mostraram muito nervosos com a abordagem, momento em que os policiais iniciaram a vistoria. Em revista pessoal, na cintura de um dos passageiros, foi encontrado um revólver calibre 38, com uma munição intacta. E, numa bolsa, que estava no porta-malas, foram encontrados 18,05 quilos de maconha. Ambos, moradores de Campo Mourão (PR), disseram que contrataram o táxi em Naviraí (MS) para levarem até Campo Mourão. O motorista do táxi foi liberado por não ter ligação com os traficantes, que foram presos e conduzidos para a Polícia Civil em Xambrê (PR), para o registro dos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Flagellum – Pequeno chicote. A PRF, pautada nos princípios da sua missão institucional de “Proteger a vida nas áreas de interesse da união”, desencadeou a operação Flagellum, visando aumentar a atividade de repressão ao tráfico de entorpecentes e armas nas fronteiras do nosso país.

 

Fonte: Maciel Jr / Agência PRF – acesso 04/06/2020 – https://www.prf.gov.br/agencia/operacao-flagellum-prf-apreende-maconha-e-revolver-na-regiao-de-guaira-pr/

Comentários