Operação Flagellum: Em menos de 24 horas, PRF apreende quase 2 toneladas de maconha no Paraná

Em 12 horas de operação, a PRF havia apreendido 1,12 toneladas da droga no estado; retomando as ações, mais de 700 quilos foram apreendidos

por guaranoticias

Atualizado às 15h31

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, em menos de 24 horas, 1.896,9 quilos de maconha em diversas regiões do Paraná. Nas cinco primeiras ocorrências, 1.124,57 quilos da droga haviam sido apreendidas. Logo depois, em três ações pontuais, 772,33 quilos foram apreendidos nas regiões de Cambé, Irati e Alto Paraíso. No total, 1.896,9 quilos foram apreendidos. Até o mês de junho, a PRF, no Paraná, apreendeu 56,2 toneladas de maconha, valor próximo do total apreendido em 2019, quando 58,3 toneladas da droga foram apreendidas.

Na noite de terça (16), por volta das 21h30, no município de Terra Roxa, agentes da PRF abordaram um motorista que conduzia um VW Crossfox, onde foram Foram encontrados 144 quilos da droga, que segundo o casal, estava sendo transportado de Guaíra para o Rio de Janeiro. O casal foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Ainda na terça (16), por volta das 23 horas, agentes da PRF visualizaram um carro que havia fugido de uma abordagem, estacionado em um hotel às margens BR-476 em Curitiba. Na vistoria, os policiais verificaram, através das janelas, que o carro estava recheado de drogas e  encontraram 448,4 quilos de maconha. O motorista não foi encontrado. O carro havia sido furtado em fevereiro deste ano, em Arapongas (PR) e estava com as placas trocadas. O carro e a droga foram encaminhados para a Polícia Civil.

Já na quarta (17), em Irati, por volta das 5h30, agentes da PRF foram acionados para atender a um acidente de trânsito na BR-277. Quando chegaram no local, verificaram que o carro, um VW Gol, estava carregado com 332,17 quilos de maconha, que foram apreendidas e encaminhadas para a Polícia Civil em Irati. O motorista não foi encontrado, mas os policiais apreenderam documentos pessoais que estavam espalhados no interior do carro.

Mais tarde, por volta das 7h40, na BR-376, em Mandaguari, agentes da PRF abordaram um motorista, que conduzia um Fiat Punto. Durante a vistoria, os policiais encontraram 114 tabletes de maconha, que totalizaram 60 quilos da droga. O motorista foi preso em flagrante e conduzido, com a droga para a Polícia Civil em Mandaguari, para o registro do crime.

Logo depois, em Marechal Cândido Rondon, por volta das 9 horas, agentes da PRF abordaram um motorista que conduzia um VW Gol na BR-163. Durante a vistoria, os policiais encontraram 111,6 quilos de maconha e 28,4 quilos de “skunk”, uma variação mais potente da maconha. O motorista, de 32 anos, foi preso e conduzido, com a maconha e o carro, para a Polícia Civil em Marechal Cândido Rondon.

Por volta das 12h30, em Cambé, região norte do estado, agentes da PRF abordaram uma motorista, de 27 anos, que conduzia um Mercedes-Benz Classe A, na BR-369. Diante do nervosismo, os policiais elevaram o nível das buscas, e embaixo do carro, encontraram um fundo falso, onde estavam sendo transportados 50 quilos de maconha, divididos em 92 tabletes. Ela disse aos policiais que retirou a droga em Foz do Iguaçu e levaria para Cambé.

Diante dos fatos, a mulher foi conduzida, com a droga e o carro para a Polícia Civil em Cambé para o registro do crime de tráfico de drogas.

Menos de uma hora depois, agentes da PRF deram ordem de parada a um homem que conduzia um Kia Cerato, na BR-277, em Irati. Ele fugiu e, na fuga, tentou atropelar os policiais. Foi utilizado o dilacerador de pneus, que furou dois dos quatro pneus, forçando a parada do carro. Os dois ocupantes fugiram, mas uma mulher, professora de 21 anos, foi encontrada pelos policiais, escondida no interior de uma mata. Ela era a passageira do carro. No interior, estavam 392,4 quilos de maconha. Os policiais descobriram que o carro havia sido roubado há menos de 15 dias, em Itajaí (SC).

A mulher, a droga e o carro foram encaminhados para a Polícia Civil em Irati para o registro dos crimes de tráfico de drogas, desobediência, tentativa de homicídio e receptação de veículo roubado.

E, por volta das 15 horas, em Alto Paraíso, região oeste do Paraná, agentes da PRF deram ordem de parada a um motorista que conduzia um Ford Fiesta, na BR-487. O motorista fugiu e, na fuga, espalhou miguelitos pela rodovia, com a finalidade de furar os pneus da viatura, além forçar ultrapassagens, jogando o carro contra outros veículos buscando causar acidentes e cessar a perseguição.

Após vários quilômetros, o motorista perdeu o controle do carro e capotou. No carro, estava um casal. Em vistoria, os policiais encontraram no porta-malas, 329,95 quilos de maconha, que segundo o casal, foi obtida em Naviraí (MS) e seria entregue em Tubarão (SC).

Diante dos fatos, o casal, a droga e o carro, foram encaminhados para a Polícia Civil em Xambrê para os registros dos crimes de tráfico de drogas, direção perigosa e trafegar em velocidade incompatível com a segurança.

 

Fonte e fotos: Maciel Jr / Agência PRF com a colaboração das BDComs das Delegacias PRF de Guaíra e Londrina – acesso 18/06/2020 – https://www.prf.gov.br/agencia/operacao-flagellum-em-menos-de-24-horas-prf-apreende-quase-2-toneladas-de-maconha-no-parana/

Comentários