Meningite: Saúde reforça importância da prevenção

por guaranoticias

Atualizado às 09h08

A Secretaria da Saúde do Paraná reforça neste sábado, 24 de abril, Dia Mundial de Combate à Meningite, a importância dos cuidados para prevenir a doença. A Secretaria enfatiza que a vacina é a principal forma de prevenção.

A meningite é um processo inflamatório das meninges, ocasionada por vários agentes etiológicos como vírus, bactérias e fungos. É uma doença de notificação compulsória, sendo necessárias a busca ativa e investigação de casos e surtos para o seu monitoramento. Alguns agentes bacterianos possuem um grande potencial epidêmico, como, por exemplo, o meningococo.

A doença atinge as membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal. Pode afetar pessoas de todas as idades, principalmente as crianças. A meningite chega a matar em até 24 horas, caso o diagnóstico não seja oportuno. Também provoca sequelas que incluem perda de memória, surdez, perda de visão, epilepsia, paralisia, perda de membros, danos em órgãos e cerebrais.

São várias vacinas contra meningites bacterianas no Calendário Nacional de Vacinação e os pais devem estar atentos às datas da imunização dos filhos.

 

Nas décadas de 70 e 90, o Brasil foi atingido por graves epidemias de meningite. Desde então, a adoção de medidas como detecção oportuna dos casos e a educação em saúde apresentaram grande impacto para a vigilância do agravo.

Em 2019 foram 1.818 casos e 96 óbitos no Paraná. Em 2020 foram registrados 800 casos e 48 óbitos, e neste ano, até o momento são 132 casos confirmados e 12 óbitos.

 

 

 

Fonte: AEN Paraná – acesso em 26/04/2021 – http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=111997&tit=Saudereforca-importanciada-prevencao-a-meningite

 

Foto: Paula Neves

Comentários