Inaugurada a primeira etapa do Cancer Center de Guarapuava

O prédio abriga a ala de quimioterapia e o Instituto para a Pesquisa do Câncer (Ipec), um dos maiores centros de pesquisa genômica do País.

por guaranoticias

Atualizado às 09h27

Foi inaugurada nesta quarta-feira (22) a primeira etapa do Cancer Center de Guarapuava, na região central do Estado. O prédio abriga a ala de quimioterapia e o Instituto para a Pesquisa do Câncer (IPEC), um dos maiores centros de pesquisa genômica do País.Foi inaugurada nesta quarta-feira (22) a primeira etapa do Cancer Center de Guarapuava, na região central do Estado. O prédio abriga a ala de quimioterapia e o Instituto para a Pesquisa do Câncer (IPEC), um dos maiores centros de pesquisa genômica do País. 22/07/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A ala de quimioterapia ocupa o térreo do edifício e a gestão será compartilhada entre o Hospital de Caridade São Vicente de Paulo e o Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba. A estrutura vai atender pacientes dos vinte municípios da 5ª Regional de Saúde, o que equivale a uma população de quase 500 mil habitantes. Foram entregues seis leitos de observação, sala de emergência e cinco consultórios. As cabines de tratamento são individualizadas e contam com televisores.

No primeiro andar ficam as instalações do Ipec, cujas atividades serão conduzidas por uma gestão tripartite: Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig), São Vicente e Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro). O instituto tem como missão desenvolver pesquisa básica e aplicada voltada ao diagnóstico, prognóstico e tratamento do câncer e doenças de base genética, além de promover a formação especializado em medicina de precisão.

Essa primeira etapa do Cancer Center contou com investimentos de R$ 21 milhões entre obras e equipamentos. Os recursos são frutos da união entre Governo do Estado, Assembleia Legislativa, governo federal, Câmara dos Deputados, prefeitura de Guarapuava, Câmara Municipal, Hospital de Caridade São Vicente de Paulo e setor privado.

Foi inaugurada nesta quarta-feira (22) a primeira etapa do Cancer Center de Guarapuava, na região central do Estado. O prédio abriga a ala de quimioterapia e o Instituto para a Pesquisa do Câncer (IPEC), um dos maiores centros de pesquisa genômica do País. 22/07/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Segundo o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, essa nova estrutura tem o perfil de atendimento especializado dentro da estratégia de regionalização da saúde pública e nasce com o objetivo de ampliar a pesquisa sobre o câncer no País. O Cancer Center fica na Cidade dos Lagos, próximo ao Hospital Regional de Guarapuava, que passou a receber pacientes nesta quarta-feira.

“O governador Carlos Massa Ratinho Junior nos deu a orientação expressa para que todos os recursos fossem colocados à disposição do hospital. Apesar da pandemia, as pessoas continuam adoecendo e precisam de atendimento. O Paraná tem o compromisso de levar atendimento de saúde pública para perto das pessoas”, afirmou o secretário. “O instituto de pesquisa é tão grande que demoraremos a dimensionar o seu tamanho. Ele vai transformar a vida das pessoas”.

SEGUNDA FASE – A segunda etapa do Cancer Center prevê um hospital com seis pavimentos, contendo seis salas de cirurgia de alta complexidade, 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva e 80 leitos de internação. Terá, ainda, uma área de radioterapia com capacidade para atender 70 pessoas por dia, o que será inédito em Guarapuava.

Foi inaugurada nesta quarta-feira (22) a primeira etapa do Cancer Center de Guarapuava, na região central do Estado. O prédio abriga a ala de quimioterapia e o Instituto para a Pesquisa do Câncer (IPEC), um dos maiores centros de pesquisa genômica do País. 22/07/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

As obras já estão em andamento e devem terminar em 2021. Para a segunda etapa já estão previstos mais de R$ 80 milhões em convênios. Depois de pronto, o hospital poderá pleitear o credenciamento de Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon), tornando o serviço de oncologia mais completo para os pacientes com câncer, evitando deslocamentos até centros maiores como Curitiba e Cascavel.

INSTITUTO – O Ipec foi criado durante a estruturação desse complexo e será um centro de pesquisa genômica com corpo técnico e clínico especializado, um amplo portfólio de testes genéticos, com equipamentos e metodologias de última geração. Ele atuará em diferentes áreas, como oncogenética, neurogenética, cardiogenética e doenças raras. Ele conta com um sequenciador que custou R$ 7 milhões. Esse é um dos melhores aparelhos à disposição de cientistas no Brasil.

PRESENÇAS – Estiveram presentes na inauguração o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano, e os deputados estaduais Estacho, Cristina Silvestri, Artagão Júnior, Plauto Miró e Alexandre Curi; a deputada federal Leandre; o presidente do Conselho Gestor do Cancer Center, Odacir Antoneli; o superintendente do Hospital Erasto Gaertner, Adriano Lago; o prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho; o provedor do Hospital São Vicente de Paulo, Huberto José Limberger; o coordenador do Departamento de Medicina da Unicentro e um dos idealizadores do IPEC, David Livingstone; além de outras lideranças políticas e empresariais locais.

Fonte/Fotos Agência de Notícias do Paraná

http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=108013&tit=Inaugurada-a-primeira-etapa-doCancer-Center-de-Guarapuava

Comentários