Doenças renais matam, em média, quase mil paranaenses por ano

por guaranoticias

Atualizado às 08h47

Nesta quinta-feira (12) é celebrado o Dia Mundial do Rim. Idealizado pela Sociedade Internacional de Nefrologia (ISN) em conjunto com a Federação Internacional de Fundações do Rim (IFKF), este ano a campanha está focada na importância das intervenções preventivas para se evitar o início e a progressão da Doença Renal, mal que mata, em média, quase mil paranaenses por ano e leva outros 13 mil em internações.

Para alertar a população sobre a doença, a Fundação Pró-Renal vai realizar uma campanha com exames preventivos gratuitos e orientações de saúde com nutricionistas, médicos, psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros. A campanha, que conta com a parceria do SESC/PR, acontece na Boca Maldita, em Curitiba, hoje, das 10 horas às 16 horas.

Atualmente, a doença renal crônica (DRC) afeta cerca de 850 milhões de pessoas no mundo e causa mais de 2,4 milhões de mortes por ano. E, segundo a ISN, a previsão até o ano de 2040 é desanimadora: a doença será a quinta causa mais comum de óbitos.

No Brasil mais de 15 milhões de pessoas já apresentam algum grau de comprometimento nos rins e mais de 125 mil pessoas já estão em diálise.

A Fundação Pró-Renal alerta, ainda, que cuidar dos rins é um exercício diário e não apenas em março, mês da Prevenção da Doença Renal. Há 35 anos, a entidade realiza campanhas de conscientização e oferece atendimento médico gratuito aos pacientes carentes, além de apoio psicológico e outras especialidades, como nutrição, psicologia e odontologia.

Números
Nos últimos anos, o Paraná registrou números estáveis das doenças renais. em 2018 foram mil óbitos e 13.584 internações. Um ano antes foram 984 mortes e e 13.487 internamentos. Em 2016, 990 mortes e 13.233 internações. Em 2015, 939 pacientes morreram e outros 13.516 tiveram de ser internados.

 

Fonte: Bem Paraná – acesso 12/03/2020 – https://www.bemparana.com.br/noticia/doencas-renais-matam-em-media-quase-mil-paranaenses-por-ano#.XmofFaNKi1s

Comentários