Dengue: Para conter avanço da doença, Portos do Paraná reforça os cuidados

por guaranoticias

Atualizado às 09h51

O Paraná enfrenta uma epidemia de dengue e os cuidados para combater o mosquito transmissor devem ser adotados por todos. Nos Portos de Paranaguá e Antonina, as ações foram reforçadas, como a aplicação regular de larvicida, vistorias frequentes e eliminação de pontos de acúmulo de água.

Trabalhadores e comunidade portuária foram alertados e recebem orientação sobre a importância de evitar a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença, também em casa.

A Portos Paraná mantém vários contratos com empresas especializadas no combate a vetores, como ratos, pombos e insetos, entre eles o mosquito transmissor da dengue, mas a ação conjunta de todos é fundamental para que os números da doença caiam.

 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) decretou situação de epidemia de dengue no Paraná no dia 19 deste mês. Paranaguá também registra crescimento de casos. O boletim do dia 5 de abril apontava incidência de 43,89 notificações por 100 mil habitantes, número que subiu para 57,44/100 mil hab no informe da semana seguinte (12), chegou a 70,35 no dia 19 e soltou para 76,81 notificações no boletim desta terça-feira (26).

 

 

Fonte: AEN Paraná – acesso em 27/04/2022 – https://www.aen.pr.gov.br/Noticia/Para-conter-avanco-da-doenca-Portos-do-Parana-reforca-os-cuidados-contra-dengue

 

Foto: Paula Neves (Ilustrativa)

Comentários