Análise: vitória consolida fase de “futebol alegre” e mantém Corinthians vivo em seu objetivo

por guaranoticias

Atualizado às 09h56

Uma frase de Júnior Urso chamou a atenção após a vitória do Corinthians por 3 a 0 contra o Avaí, na noite de quarta-feira, na Arena.

Autor do segundo gol do jogo, o seu sétimo na temporada, o volante foi perguntado se acreditava que poderia ter aumentado seus números se, desde o início do ano, o Timão jogasse de forma mais ofensiva. Além de dizer que sim, Urso afirmou que o Corinthians deixou para trás um “futebol triste” que jogava.

– Cheguei ao meu sétimo gol, é um bom número para um volante, mas espero conseguir ainda mais. Temos que comemorar essa reviravolta. Tínhamos um futebol triste e hoje temos um futebol diferente – declarou o volante, autor do segundo gol contra o Avaí.

A sensação, portanto, é que os jogadores estão contentes com o novo Corinthians. O do futebol alegre.

– Eles compraram a minha ideia com uma satisfação e um entrega muito grande – festejou Coelho, interino até o fim do Campeonato Brasileiro.

É claro que nem sempre a coisa vai funcionar. O primeiro tempo corintiano não foi dos melhores. Coelho levou a campo um time no 4-2-3-1, mas as linhas espaçadas ocasionaram muitos erros técnicos e o time teve um domínio sem objetivo. Em contra-ataques, inclusive, o time quase levou gols no início da partida.

O Timão foi para o intervalo ganhando por 1 a 0 após um gol em jogada de escanteio: Clayson bateu, e Gustagol marcou. Na etapa final, porém, o time voltou mais encaixado. O segundo gol saiu cedo, em contra-ataque que acabou com o gol daquele Júnior Urso. O do futebol que não é mais triste.

Coelho trocou Janderson, Danilo Avelar e Gustagol por Jadson, Carlos Augusto e Boselli, e o argentino ainda encontrou tempo para marcar o terceiro gol, de peito, após ótimo cruzamento de Fagner.

Pedrinho, centralizado, fez talvez o seu melhor jogo na função criativa desde que Coelho assumiu. O adversário, rebaixado para a Segundona, pode ter facilitado, mas o garoto conseguiu aplicar dribles, carregar a bola, distribuir passes e arriscar para o gol. Atuação que deu confiança ao garoto.

O novo Corinthians propõe jogo, varia escalações e estratégias de partida para partida e chega à reta final do Brasileirão muito perto do seu objetivo atual.

Hoje na sétima posição com 54 pontos, o Timão disputará com o São Paulo, atual sexto colocado, palmo a palmo pela última vaga na fase de grupos da Libertadores.

Fonte: G1.com.br – acesso 28/11/19 – https://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/analise-vitoria-consolida-fase-de-futebol-alegre-e-mantem-corinthians-vivo-em-seu-objetivo.ghtml

Comentários